;

Business Process Management System ou Suite, é um software que permite automatizar a gestão de processos de negócio, compreendendo a modelagem do processo, execução, controle e monitoramento.

Qual a diferença entre BPM, BPMN e BPMS?

Se você atua com gestão de negócios, já deve ter visto essas siglas e certamente já está familiarizado com elas. Caso você esteja começando a se interessar pelo assunto, vamos reforçar o significado de cada um desses termos.

BPM: Business Process Management, trata-se se uma disciplina difundida em todo o mundo, onde se aborda a junção da gestão de negócios com técnicas, estratégias, ferramentas e objetivos de uma organização, com as expectativas e necessidades dos clientes, com foco em processos de ponta a ponta.

BPMN: Business Process Model and Notation, é uma notação para modelagem de processos de negócio. O BPMN estabelece um padrão para representar processos graficamente, por meio de diagramas, símbolos e regras.

BPMS: Business Process Management System ou Suite, é um software que permite automatizar a gestão de processos de negócio, compreendendo a modelagem do processo, execução, controle e monitoramento.

Por que utilizar um BPMS?

Fazer uso corporativo de uma plataforma de BPMS, permite que as diversas informações que circulam na organização, sejam direcionadas de uma forma mais adequada do que trocas de e-mail, papéis e planilhas eletrônicas, que normalmente ocasionam atrasos, perdas e vazamento de informações, além é claro, da retenção do conhecimento dos processos internos da organização em poucos colaboradores.

Sem depender do desenvolvimento tradicional de uma aplicação, um BPMS irá agilizar a entrega de soluções para tratamento e controle de informações que estão circulando nos mais diversos formatos, permitindo que através do mapeamento dos processos, possa se estabelecer um conjunto de atividades ou tarefas ordenadas, com suas regras claras e definidas e, com seus respectivos responsáveis em executá-las para a entrega de um produto ou serviço. Essas soluções oferecem também aos seus usuários, o uso de diversos recursos agregados a elas que, além de permitir o endereçamento de informações identificadas como atividades ou tarefas de acordo com o desenho de processo, ter a visibilidade do volume com que esses procedimentos são realizados, quem são os responsáveis por eles, os gargalos que impedem que os processos sejam concluídos, e diversos outros controles oferecidos pela plataforma.

Quais são os benefícios?

Podemos observar diversos benefícios em organizações que passam a fazer uso de um BPMS, tais como:

  • Transparência nos processos;
  • Maior produtividade;
  • Melhor qualidade dos serviços;
  • Melhor comunicação interna;
  • Motivação dos colaboradores;
  • Controle de atividades;
  • Monitoramento dos processos;
  • Eliminação de retrabalhos;
  • Redução de custos operacionais;
  • Maior assertividade nas decisões;
  • Circulação de papel eliminada ou reduzida;
  • Cultura de empatia;
  • Mais segurança no controle e proteção de dados.

Ficou interessado em conhecer uma plataforma de BPMS?

Então venha conhecer o Organiza Prime ou .